Português English
1
Book a Tee Time

Política de Privacidade

A presente política de privacidade tem como objetivo descrever a forma como a Quinta da Boavista - Empreendimentos Turísticos, S.A. procede ao tratamento de dados pessoais e elencar os direitos que assistem ao titular dos dados nos termos do Regulamento (EU) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho de 27 de Abril de 2016.
O referido Regulamento estabelece as regras relativas à proteção das pessoas singulares no que respeita ao tratamento dos seus dados pessoais e à livre circulação desses dados.

Os dados que concretamente são tratados e a forma como são utilizados dependerão essencialmente de quais dos serviços/produtos solicitados e das respetivas finalidades de tratamento.

Cuidará a Quinta da Boavista - Empreendimentos Turísticos, S.A. de fornecer toda a informação relevante nos termos que resultam do Regulamento. Para produtos ou serviços específicos, poderá a Quinta da Boavista - Empreendimentos Turísticos, S.A. fornecer informação adicional.

A Quinta da Boavista - Empreendimentos Turísticos, S.A. assegura o tratamento de dados pessoais no mais rigoroso respeito pelos direitos individuais e pelo regime legal vigente.

O tratamento de dados de pessoais é realizado na medida necessária à prossecução do objeto social da Quinta da Boavista - Empreendimentos Turísticos, S.A. e à manutenção de um padrão elevado de serviço.

1. Quem é a entidade responsável pelo tratamento de dados e quem é que o titular dos dados deve contactar sobre este tema?

A Quinta da Boavista - Empreendimentos Turísticos, S.A. ( doravante apenas identificada por Quinta da Boavista) é a entidade responsável pelo tratamento de dados pessoais dos seus clientes devendo, relativamente a esta matéria, ser utilizados os seguintes dados de contacto:
Quinta da Boavista - Empreendimentos Turísticos, S.A.
Urbanização Quinta da Boavista, Sítio da Atalaia, 8600-281, Lagos, Portugal
E-mail: dataprotection@boavistaresort.pt

2. Quais os dados pessoais que a Quinta da Boavista trata?

Dependendo da finalidade da recolha e tratamento dos dados, a Quinta da Boavista poderá tratar os seguintes dados:
• Contactos, nomeadamente nome, morada, número de telefone e endereço de email;
• Informação demográfica, designadamente nacionalidade, género, idade e preferência linguística;
• Informação relacionada com o programa de alojamento, como o número do cliente no âmbito deste programa e preferências de alojamento;
• Informação para pagamento de reservas e transações, nomeadamente o número de cartão de crédito;
• Informação relativa à estadia no nosso empreendimento , como por exemplo dados pessoais referentes aos hóspedes adicionais da reserva, data e hora de chegada/saída, informação relativa ao veículo que possa trazer para as nossas instalações e outras preferências;
• Informação relativa a eventos, como nomes dos participantes e preferências relativas ao evento;
• Informação relativa ao número de identificação fiscal;
• Informação submetida por candidatos a emprego na nossa organização, tal como nome, morada, nacionalidade, número de telefone, endereço de email, data de nascimento, razões por que se candidatam, interesses, educação, formação bem como experiência profissional;
• Informação relativa ao número de segurança social, estado civil, residência fiscal e número de filhos dos nossos colaboradores, dos quais se recolhem também os dados pessoais referidos no ponto anterior.

A celebração de quaisquer contratos (nomeada, mas não exclusivamente, reservas de alojamento e de golfe, promoção e realização de eventos, aquisição de produtos e serviços ) implicam a recolha e tratamento de dados pessoais. O mesmo ocorre com recolha e fornecimento de informações, acesso a conteúdos , áreas de login, registo no website, pedido de envio de newsletter ou informação sobre os produtos e serviços do comércio da Quinta da Boavista.

Não recolhemos dados pessoais “sensíveis” relacionados com convicções religiosas ou filosóficas, opiniões políticas, raça ou etnia, orientação sexual, vida sexual ou informação genética, salvo consentimento expresso do titular dos dados para o seu tratamento para uma finalidade específica que lhe seja expressamente comunicada ou mediante outro fundamento que legalmente permita o seu tratamento.

Recolhemos dados pessoais relativos a crianças menores de 13 anos, como o nome e data de nascimento, necessários para formalizar a reserva, mediante o consentimento dado ou autorizado pelo titular das responsabilidades parentais.
Nunca recolhemos informações diretamente dos menores de 13 anos.
Certifique-se de que os seus filhos não nos enviam dados pessoais sem o seu consentimento (nomeadamente através de meios eletrónicos). Caso tal aconteça, poderá solicitar o seu apagamento, contactando-nos para o efeito através do email dataprotection@boavistaresort.pt.

Ao utilizar o nosso website poderemos recolher outras informações, através de ferramentas de rastreio, tais como cookies (por favor ver a nossa Política de cookies), endereços de IP, o username, o idioma, a região de onde acede ao site, preferências de navegação, preferências de serviços, logins, número de visitas ao website.

3. Com que finalidade trata a Quinta da Boavista - Empreendimentos Turísticos, S.A. os dados pessoais e qual o fundamento legal?

A Quinta da Boavista - Empreendimentos Turísticos, S.A. trata os dados pessoais de acordo com as disposições do RGPD e legislação complementar para as seguintes finalidades:

a) Celebração de um contrato no qual o titular dos dados é parte ( incluindo os procedimentos pré-contratuais);
b) Prestação, faturação e cobrança dos serviços do comércio da Quinta da Boavista;
c) Gestão e avaliação da relação contratual com o titular dos dados;
d) Procedimento de respostas a questões e sugestões do titular dos dados,
e) Registo do titular dos dados no website,
f) Acesso nas áreas restritas do website,
g) Uma ou mais finalidades específicas para as quais o titular dos dados tenha dado o seu consentimento expresso, nomeadamente Informação sobre novos produtos e serviços, ofertas e campanhas especiais;
h) Cumprimento de uma obrigação jurídica a que a Quinta da Boavista esteja sujeita;
i) Defesa de interesses vitais do titular dos dados ou de outra pessoa singular;
j) Prossecução de interesses legítimos da Quinta da Boavista ou de terceiros, exceto se prevalecerem os interesses ou direitos e liberdades fundamentais do titular dos dados

4. Com quem são partilhados os dados dos titulares?

a) A Quinta da Boavista poderá transmitir ou comunicar os dados pessoais a outras entidades caso essa transmissão ou comunicação seja necessária para a execução do contrato estabelecido entre o titular dos dados e esta empresa ou para diligências pré-contratuais a pedido do titular;
b) A Quinta da Boavista poderá, ainda, partilhar os dados pessoais em caso de necessidade para a salvaguarda de interesses legítimos da Quinta da Boavista ou de terceiros; no âmbito do cumprimento de uma obrigação jurídica a Quinta da Boavista esteja sujeita, ou para defesa de interesses vitais do titular dos dados ou de outra pessoa singular;
c) Com exceção das entidades referidas anteriormente, só haverá partilha de dados com autorização expressa do titular dos mesmos ou em caso de litígio,
d) A Quinta da Boavista poderá transmitir ou comunicar os dados pessoais a empresas do Grupo para efeitos de Marketing e Vendas, mediante consentimento expresso do titular dos dados e Empresas que organizam reuniões e eventos nas nossas instalações e na medida do estritamente necessário à organização dessas reuniões ou eventos;
e) Em caso de transações relacionadas com o negócio. Se a empresa comprar, vender, restruturar ou reorganizar o negócio, no todo ou em parte, os dados dos clientes poderão ser transmitidos como parte do negócio;

Em todos os casos de partilha de dados com terceiras partes será rigorosamente cumprida a legislação em vigor e serão feitos todos os esforços para garantir que as terceiras partes utilizam os dados pessoais da forma adequada, em conformidade com esta Política de Privacidade.

5. Quais são os direitos dos titulares de dados pessoais em relação ao tratamento dos mesmos?

De acordo com o RGPD, o titular dos dados tem um conjunto de direitos seguidamente melhor detalhados que a Quinta da Boavista se obriga escrupulosamente a cumprir:
a) O direito à informação, nos termos definidos no artigo 13º e 14º do RGPD;
b) O direito de acesso, nos termos definidos no artigo 15º do RGPD;
c) O direito à retificação dos dados, nos termos definidos no artigo 16º do RGPD;
d) O direito ao apagamento, nos termos definidos no artigo 17º do RGPD;
e) O direito à limitação do tratamento, nos termos definidos no artigo 18º do RGPD;
f) O direito de portabilidade dos dados, nos termos definidos no artigo 20º do RGPD
g) O direito de oposição, nos termos definidos no artigo 21º do RGPD;
h) O direito a não ficar sujeito a decisões automatizadas, nos termos definidos no artigo 22º do RGPD;
i) O direito a apresentar reclamação à autoridade de controlo, nos termos definidos no artigo 77º do RGPD.

O titular dos dados pode a qualquer momento solicitar à Quinta da Boavista - Empreendimentos Turísticos, S.A. uma cópia dos consentimentos que concedeu.

O titular dos dados pode a qualquer momento revogar o consentimento dado para o tratamento dos seus dados pessoais, sempre que o respetivo tratamento tenha por base unicamente esse consentimento.

O titular dos dados pode exercer qualquer um dos direitos através do e-mail dataprotection@boavistaresort.pt.

6. Tem o titular dos dados obrigação de fornecer dados pessoais?

O titular dos dados deve fornecer os dados pessoais necessários para que a Quinta da Boavista possa cumprir as obrigações contratuais a que está adstrita ou sempre que a lei exija que a Quinta da Boavista faça a recolha de tais dados. No caso de os dados não serem fornecidos pelo respetivo titular, não será exigível que a Quinta da Boavista venha a celebrar o contrato ou que o mantenha ou que execute a ordem dada, podendo no limite motivar a sua resolução contratual por parte desta empresa.

7. Como são protegidos os dados pessoais?

A Quinta da Boavista desenvolve os seus melhores esforços para proteger os seus dados pessoais contra a destruição, perda, alterações acidentais ou ilícitas, divulgação ou acesso não autorizados. Para o efeito, a Quinta da Boavista adotou as medidas técnicas e organizativas adequadas, tais como sistemas de segurança, controlo de acessos e outros procedimentos tendentes a tal proteção.

8. Por quanto tempo os dados pessoais são guardados?

A Quinta da Boavista guarda os seus dados pessoais pelo tempo necessário para cumprir obrigações contratuais e legais.
A partir do momento em que os dados se tornem desnecessários para cumprir as obrigações contratuais ou legais, serão eliminados, a menos que seja necessário tratamento adicional.

• Os dados pessoais recolhidos por via celebração de um contrato entre a Quinta da Boavista e o titular dos dados, serão guardados pelo prezo de vinte anos desde a data de início da sua vigência, por ser este o prazo de prescrição dos direitos correspetivos.
• Os dados pessoais que sejam utilizados para faturação serão conservados pelo prazo máximo de dez anos, por ser esse o legalmente imposto.
• Os dados pessoais que sejam fundados no consentimento do respectivo titular serão conservados pelo período em que tal consentimento perdurar.
• Os dados de cartão de crédito serão conservados até quinze dias após data de saída;
• No caso de litígio, os dados pessoais serão conservados até ao termo de seis meses após o trânsito em julgado da decisão, caso ocorra depois dos prazos previstos nos parágrafos anteriores.

9. Alterações à Política de Privacidade

Esta política de privacidade pode ser revista periodicamente. Assim, recomendamos vivamente que a consulte com regularidade, designadamente sempre que adquiir um serviço à Quinta da Boavista. A presente politica foi revista em 23.02.2010

Se tiver outras questões relacionadas com a política de privacidade não hesite em contactar-nos através dos mesmos endereços.

Powered by e-GDS ®